SuperFlex-6 (fórmula completa de tratamento) - 150 Tabs

Código: BJWRPZRJ6 Marca:
Ops! Esse produto encontra-se indisponível.
Deixe seu e-mail que avisaremos quando chegar.

 

Super Flex-3, o tratamento mais avançado para articulações
do mundo agora está ainda mais completo: O SUPER FLEX-6

Desde 2005, a merca Newton Everett ® está empenhada em oferecer o melhor tratamento disponível para os cuidados das articulações. Agora orgulha-se de oferecer uma fórmula avançada do super bem sucedido Superflex-3: o SUPERFLEX-6! Essa nova fórmula contém os ingredientes originais, mais ácido hialurônico para lubrificação, Boswellia para inflamação e vitamina D para saúde adicional dos ossos e das articulações.


2 comprimidos por dia oferecem:

• GLUCOSAMINA: 1500mg
• CONDROITINA: 1200mg
• MSM: 250mg
• ÁCIDO HIALURÔNICO: 40mg
• BOSWELLIA: 100mg
• VITAMINA D3: 400IU

SUPERFLEX-6 COM FORÇA TRIPLA, APENAS DOIS COMPRIMIDOS POR DIA!

• Seis produtos para articulações em uma fórmula de alta potência
• Promove o tecido e cartilagem saudáveis das articulações
• Aumenta o conforto nas articulações, liberdade da rigidez, e facilidade de movimento.
• Tome apenas dois comprimidos por dia, em vez de três

 
SUPERFLEX-6 é o produto de apoio às articulações de maior potência no mercado atualmente!

O SUPERFLEX-6 contém níveis de potência de pesquisa de seis nutrientes de apoio à articulação: Glucosamina, condroitina, MSM, ácido hialurônico, boswellia e vitamina D3 foram combinados para uma saúde completa das articulações, inclusive apoio dos tecidos e cartilagem e maior mobilidade. Experimente e descubra porque milhões de pessoas confiam nos nutrientes do SUPERFLEX-6 para apoio das articulações.

A cartilagem saudável precisa de três coisas: água para lubrificação e nutrição, proteoglicanos para atrair e manter a água, e colágeno para manter os proteoglicanos no lugar. Os proteoglicanos são como uma corda que passa pelo colágeno, que lubrifica e nutre o colágeno. Se a cartilagem for danificada, a corda fica fraca e "vaza", e desta forma o colágeno perde sua nutrição, à medida que os proteoglicanos perdem a força e somem. Assim, a cartilagem não consegue suportar choques, rachaduras, e pode ficar completamente desgastada.

 

GLUCOSAMINA:

A glucosamina é um elemento principal de desenvolvimento de proteoglicanos que adoram a água. Além de ser um elemento de desenvolvimento para a síntese dos proteoglicanos, sua mera presença atua como um estímulo às células que produzem proteoglicanos – na realidade, a glucosamina é um fator principal para determinar quantos proteoglicanos são produzidos pelas células.

Foi comprovado que a glucosamina acelera a produção dos proteoglicanos e do colágeno e normaliza o metabolismo da cartilagem, o que ajuda a impedir que a mesma dissolva. Assim, devido ao efeito da glucosamina sobre o metabolismo da cartilagem, ele pode, na verdade, ajudar o corpo a reparar a cartilagem danificada. Em outras palavras, a glucosamina fortalece os mecanismos naturais de reparação do corpo. Além de estimular a produção de cartilagem, a glucosamina também reduz a dor e inflamação nas articulações.

 

SULFATO DE CONDROITINA:

Quando a glucosamina ajuda a formar os proteoglicanos que estão no espaço na cartilagem, o sulfato de condroitina atua como um "imã líquido". A condroitina é uma cadeia longa de ligantes que atrai o fluido para dentro das moléculas de proteoglicanos. Isto é importante por dois motivos. 1.) Os fluidos atuam como um absorvente de choque esponjoso, levando nutrientes para a cartilagem. A cartilagem das articulações não tem suprimento sanguíneo, portanto, toda a nutrição e lubrificação derivam do fluido que reflui e flui à medida que a pressão é aplicada e liberada nas articulações. 2.) Sem este fluido, a cartilagem ficaria mal-nutrida, mais seca, mais fina e mais frágil.


SULFATO DE CONDROITINA

O sulfato de condroitina é uma molécula de cadeia longa com uma carga negativa associada a ele. À medida que estas cadeias se enrolam ao redor dos proteoglicanos, eles se repelem uns aos outros e criam, assim, espaços entre cada proteoglicano. Estas são conhecidas como matrizes dentro da cartilagem, por onde o fluido flui. Pode haver quase 10.000 destas cadeias em uma única molécula proteoglicana, portanto, temos um super-retentor de água, pois estas cadeias garantem que todas estas moléculas fiquem longe umas das outras, sem se agruparem.

Além de acumularem fluido precioso, a condroitina protege a cartilagem, previne que se rompa e inibe que algumas enzimas
que 'comem' cartilagens interfiram com o metabolismo de outras enzimas que removerão o fluido da cartilagem.

 

MSM (Metilsulfonilmetano):

O MSM é um nutriente que ocorre naturalmente e composto de enxofre. O enxofre é um componente dos ossos, dentes e colágeno (a proteína no tecido conjuntivo) e também ajuda a manter uma resposta inflamatória saudável no tecido das articulações. O mineral enxofre é necessário para a produção de muitas proteínas, inclusive as que desenvolvem o cabelo, músculos e pele.

 

ÁCIDO HIALURÔNICO: 

O ácido hialurônico é abundante em nossos corpos quando nascemos, mas seus níveis reduzem gradualmente com o passar do tempo. O ácido hialurônico ocorre nas camadas mais profundas da nossa pele, conhecidas como derme, e parece ajudar a manter a pele lisa devido às suas qualidades de retenção de água. O ácido hialurônico aparentemente também ajuda a reparar as feridas cutâneas.

A função do ácido hialurônico é almofadar e lubrificar. O hialuronato ocorre em todo o corpo em quantias abundantes em muitos locais onde as pessoas com transtornos do tecido conjuntivo hereditários têm problemas, como articulações, válvulas cardíacas e olhos. As anormalidades do ácido hialurônico são um ponto em comum em transtornos do tecido conjuntivo. Curiosamente, também são anomalias bioquímicas comuns na maioria das pessoas que têm distúrbios no tecido conjuntivo, como prolapso da válvula mitral, TMJ, osteoartrite, e ceratocone.
 
EXTRATO DE BOSWELLIA: 

Boswellia serrata (Salai guggul) é uma árvore antiga que produz seiva e que cresce por toda a China Ocidental e Central. Quando o tronco da árvore é abatido, surge uma resina oleosa pegajosa. Um extrato purificado desta resina é usado em preparações herbárias modernas. O composto ativo na Boswellia sap é ácido boswélico, e tem demonstrado ter efeitos anti-inflamatórios. A boswellia da Puritan Pride é padronizada para conter 65% de ácido boswélico.

Estudos demonstram que o ácido boswélico tem uma ação anti-inflamatória — muito similar aos anti-inflamatórios não-esteróides convencionais (NSAIDs) usados para condições inflamatórias. Boswellia inibe os mediadores pró-inflamatórios no corpo, como leucotrienos. Ao contrário de NSAIDs, o uso prolongado da boswellia não parece causar irritação ou ulceração do estômago.

Acredita-se que o ácido boswélico exerce efeitos anti-inflamatório, prevenindo o colapso do tecido conjuntivo e aumentando o suprimento de sangue para os tecidos das articulações. Em um estudo, boswellia teve um desempenho melhor do que medicamentos por receita na redução da inflamação de osteoartrite e artrite reumatoide. Às vezes também tem um melhor desempenho do que aspirina, paracetamol e outros NSAIDS (anti-inflamatórios não esteróides) na redução da dor geral da artrite.

 
VITAMINA D3: 

Conhecida como a vitamina do brilho do sol, a vitamina D3 pode ser encontrada em pequenas quantidades em alguns alimentos, inclusive peixes gordurosos como o arenque, cavala, sardinhas e atum. Para fazer com que a vitamina D fique mais disponível, é acrescentada a produtos lácteos, sucos e cereais.  Mas a maioria da vitamina D (80% a 90% do que o corpo adquire) é obtida através da exposição à luz solar. 

A Vitamina D3 também é usada para tratar ossos fracos (osteoporose), dor no osso (osteomalacia), perda de ossos em pessoas com uma condição chamada hiperparatireoidismo, e uma doença herdada (osteogenesis imperfecta) na qual os ossos são especialmente frágeis e se quebram facilmente. Também é usada para prevenir quedas e fraturas em pessoas com risco de osteoporose, e prevenir baixos níveis de cálcio e perda óssea (osteodistrofia renal) em pessoas com insuficiência renal.

 

Quanto tempo eu devo tomar glucosamina/condroitina/MSM/ácido hialurônico/extrato de boswellia/vitamina D3?

Estudos demonstram que o uso prolongado da glucosamina/condroitina/MSM/ácido hialurônico/extrato de boswellia/vitamina D3 é muito benéfico.
A maioria dos pacientes observa benefícios de três a seis meses de utilização regular.

 

 

 

Sobre a loja

Suplementação alimentar e esportiva das melhores marcas do planeta com os melhores preços. Produtos à pronta entrega; receba em sua casa com segurança em todo o Brasil.

Pague com
  • PagHiper
  • PayPal Express
  • Mercado Pago
  • Mercado Pago
  • Pagamento na Entrega
Selos

Ricardo Molinari - CPF: 555.221.196-08 © Todos os direitos reservados. 2019